François  Ozon
  1. François Ozon

    França · 1967

    2 títulos :separador disponível 36 prémios
    recebidos
Biografia

François Ozon estudou Cinema, foi aluno de Eric Rohmer e fez uma tese final sobre Maurice Pialat. Em 1990, tornou-se professor na FEMIS, a prestigiada escola parisiense de cinema. As suas primeiras curtas-metragens chamaram a atenção, tendo "Une Robe d’Été" sido premiada em Locarno em 1996. "Sitcom", de 1998, é a sua primeira longa-metragem e nela continua a ressaltar um discurso pessoal que se aproxima do fantástico e que recorre sem medo à teatralidade. A partir de "Les Amants Criminels", de 1999, sucedem-se várias longas-metragens bem acolhidas pelo público e pela crítica como "Sob a Areia" (2001), "8 Mulheres" (2002), "Swimming Pool" (2003) ou "O Tempo que Resta" (2005), que surpreendem sempre pela mudança de registo e de temáticas. Em 2010, filma "Le Refuge", onde volta a inovar pela delicadeza do tom e pela forma de agarrar as questões da toxicodependência e da perda. "Potiche", do mesmo ano, foi apresentado no Festival de Veneza e em mais de 30 outros festivais internacionais. O filme valeu a François Ozon, o César de Melhor Adaptação e a Catherine Deneuve, o César de Melhor Atriz.

Prémios do seus filmes