Hector e a Procura da Felicidade
Hector e a Procura da Felicidade

Hector e a Procura da Felicidade

Hector and the Search for Happiness

Áudio e legendas

Versão original com legendas em português

  • Áudio Original
  • Legendas Português
realização

Peter Chelsom

Ano de produção

2014

Género

Comédia

Estreia no cinema

26-02-2015

Sobre o filme

A vida de Hector parece perfeita, mas não é. Hector (Simon Pegg) é um psiquiatra reconhecido e bem-sucedido, que vive com a sua bela namorada, Clara (Rosamund Pike), num fabuloso apartamento em Londres. Mas está a perder a paciência com os seus pacientes que não conseguem ser felizes, ao mesmo tempo que o seu relacionamento romântico parece ter estagnado. Hector sente-se uma fraude. Como pode ajudar os seus pacientes a serem mais felizes, quando ele próprio não sabe o que é a felicidade? E assim, Hector parte à procura da felicidade. Viaja para a China, África e Los Angeles, onde encontra uma série de personagens: uns são bons, outros perigosos e alguns são mesmo felizes. Testemunha quer o excesso, quer a abjeta miséria; paisagens deslumbrantes e a decadência urbana; a generosa hospitalidade e a brutalidade implacável; a amizade e a humanidade. E quando está prestes a perder a sua vida, Hector percebe que não quer morrer, antes de ter realmente vivido.

Prémios
O meu estado de espírito...

Realização e elenco

Títulos parecidos

Como avalias este filme?

No comments

8.5

"This film is a winner. It will not only entertain you, but also make you think about what it takes to bring happiness into your own life."

Bill Zwecker de Chicago Sun Times

7.5

"In order to show the "happiness" noted in the title, director Peter Chelsom ventures into some dark territory to provide a contrast. This results in a surprisingly unpleasant scene of torture and deprivation that may shock some viewers expecting to see a lightweight Simon Pegg dramedy about the meaning of joy."

James Berardinelli (Reelviews) de Web oficial

6.0

"It might look as though Hallmark, Benetton and Richard Curtis have collaborated on a movie, but Chelsom’s lightly subversive, self-aware tone bolsters Pegg’s best shot yet at a mass-appeal crowd-pleaser."

Simon Kinnear de Total Film