8,3

Se as Montanhas se Afastam

· 121min.

Num quarto de século, entre uma China em profunda mutação e a Austrália como a promessa de uma vida melhor, encontram-se as esperanças, os amores e as desilusões das personagens
Indisponível no teu país

Sobre o filme

China, final de 1999.
Tao, uma jovem rapariga de Fenyang é cortejada por dois amigos de infância, Zhang e Lianzi. Zhang, proprietário de uma estação de serviço, tem reservado para si um futuro promissor, ao passo que Liang trabalha numa mina de carvão. Com o coração dividido entre os dois homens, Tao vai ter de fazer uma escolha que irá marcar o resto da sua vida e da do seu futuro filho, Dollar.
Num quarto de século, entre uma China em profunda mutação e a Austrália como a promessa de uma vida melhor, encontram-se as esperanças, os amores e as desilusões das personagens face ao seu destino.

Realização e elenco

Realização:
Zhangke Jia

Áudio e legendas

Versão original com legendas
Áudio Varios • Legendas Português

Mais informação

Título original:
Mountains May Depart (Shan he gu ren)
Género:
Drama
Nacionalidades:
China, França, Japão
Estreia no cinema:
15-09-2016

A oitava longa-metragem do realizador chinês Zhangke Jia, “Se as Montanhas se Afastam” (título original: “Shan he gu ren”), constitui a sua primeira incursão no melodrama, numa história que, partindo de uma China em profunda mutação, é contada em três momentos/episódios – 1999, 2014 e 2025 – que são assinalados de modo subliminarmente sugestivo, pela original mudança do formato da imagem e pela notável combinação de exteriores-interiores, num processo que se revela criativo, quer, no contexto emocional em que o argumento se desenvolve, quer, na precisão de detalhe que as suas personagens transmitem.
Uma obra admirável que, meritóriamente, fez parte da Selecção Oficial do Festival de Cannes em 2015.

8

"O paradoxo crucial ao filme de Jia, mais uma observação sobre as rápidas transformações da sociedade chinesa e a sua particular sobreposição de comunismo e capitalismo, está no tratamento, ao mesmo tempo físico e simbólico, do espaço (...) um belíssimo filme, que se inscreve na obra de Jia com inteira coerência."

LUÍS MIGUEL OLIVEIRA de Ípsilon - Público

8

"O filme Shan He Gu Ren de Jia Zhang-ke é uma obra incrível e misteriosa à sua maneira, de um cineasta cuja criatividade evolui-se diante dos nossos olhos"

Peter Bradshaw de The Guardian

8

"Se as Montanhas se Afastam é nada menos do que uma obra de crescente ambição e profundamente humanista, como o realizador Jia não anseia tanto para voltar os ponteiros do relógio, nem para atrasá-los."

Scott Foundas de Variety