Ruínas
Ruínas

Ruínas

Áudio e legendas

Versão Portuguesa

realização

Manuel Mozos

Nacionalidade

Portugal

Ano de produção

2009

Sobre o filme

Fragmentos de espaços e tempos, restos de épocas e locais onde apenas habitam memórias e fantasmas. Vestígios de coisas sobre as quais o tempo, os elementos, a natureza, e a própria acção humana modificaram e modificam. Com o tempo tudo deixa de ser, transformando-se eventualmente numa outra coisa. Lugares que deixaram de fazer sentido, de serem necessários, de estar na moda. Lugares esquecidos, obsoletos, inóspitos, vazios. Não interessa aqui explicar porque foram criados e existiram, nem as razões porque se abandonaram ou foram transformados. Apenas se promove uma ideia, talvez poética, sobre algo que foi e é parte da(s) história(s) deste País. 

Realização e elenco

Títulos parecidos

Como avalias este filme?

Premissa interessante, e há sem dúvida um olhar sobre um passado e um património, mas sobretudo sobre vidas remotas (mais pela sua banalidade do que pelo tempo que passou sobre elas). Mas acho que se ganhava muito em contar as histórias de apenas dois ou três fragmentos, para passar de documento ou instalação para o que eu entendo como cinema.

16 Dezembro 2018