Play
Play

Play

Áudio e legendas

Versão original com legendas

  • Áudio Sueco
  • Legendas Português
realização

Ruben Östlund

Nacionalidade

Suécia

Ano de produção

2011

Género

Drama

Sobre o filme

Certa tarde, dois miúdos passeiam num centro comercial para comprar um jogo de vídeo, entretanto, um grupo de crianças negras intercepta-os e acusa-os de terem um telemóvel que lhes pertence e que lhes tinha sido roubado. Os dois amigos ficam assim, semi-sequestrados pelo grupo que vai tecendo acusações e fazendo jogos psicológicos, tudo para ficar o telemóvel. Uma narrativa densa que, sem nunca se transformar em violência explícita, deixa facilmente o espectador com um nó na garganta.A trama, imaginada por Östlund a partir de histórias reais passadas em Gotemburgo entre 2006 e 2008.

Realização e elenco

Títulos parecidos

Como avalias este filme?

No comments

8.5

"Is a fascinating exercise in psychology in a specific social environment, and makes and interesting companion piece to the director’s last film InvoluntaryIt is certainly a watchable and provocative film."

Mark Adams de Screen

6.0

"A gorgeous, luxuriant one, toned to perfection, with a sharp wit and an idea for every problem. Without your noticing, he nibbles at your brain, and when the film ends, he begins to claw and tear, gnawing hungrily. Suddenly, he turns back, frightened by your recognition, and begins to eat himself. Put more plainly: Ruben Östlund's moral tale is the boldest formal experiment in the main slate at this year's New York Film Festival, a trait matched in force only by the confusion of its politics."

Phil Coldiron de Slant Magazine

6.0

"A loaded racial incident based on events that happened in Sweden several years ago is festooned with too much formalistic baggage"

Todd McCarthy de Hollywood Reporter