O Olhar do Silêncio
O Olhar do Silêncio

O Olhar do Silêncio

The Look of Silence

Áudio e legendas

Versão original com legendas em português

  • Áudio Original
  • Legendas Português
Nacionalidade

Dinamarca

Ano de produção

2014

Estreia no cinema

11-06-2015

Sobre o filme

Através do trabalho de Joshua Oppenheimer, filmando os responsáveis pelo genocídio indonésio, uma família de sobreviventes descobre como é que o filho foi assassinado e a identidade dos homens que o mataram. O mais novo dos irmãos está determinado a quebrar o feitiço de silêncio e medo sob o qual vivem os sobreviventes.

Prémios
O meu estado de espírito...

Realização e elenco

Títulos parecidos

Como avalias este filme?

Brilhante exercício documental, indutor de uma abordagem reflexiva ao horror dos genocídios, no caso, o genocídio indonésio de 1965-66.

No plano técnico, um exemplo de mestria na arte de filmar de Joshua Oppenheimer, realizador norte-americano, de cuja autoria é o documentário “O Acto de Matar”, sobre o mesmo tema.

02 Junho 2017
10.0

"The film does not stab as deeply in laying bare the schizoid moral hypocrisy of the perpetrators of the Indonesian genocide as its peerless predecessor, but instead offers an extraordinarily poignant, desperately upsetting meditation on the legacy of those killings, and on the bravery required to seek any kind of truth about them."

Jessica Kiang de The Playlist

10.0

"Compared to "The Act of Killing," Oppenheimer's technique with The Look of Silence is deceptively simple, but it applies a more traditional style of documentary storytelling to extraordinary goals."

Eric Kohn de Indiewire

10.0

"A superior work of confrontational boldness, it might be the movie Oppenheimer wanted to make in the first place."

Joshua Rothkopf de Time Out

9.5

"Oppenheimer presenta en “La mirada del silencio” la réplica perfecta a su irrenunciable 'The Act Of Killing'. (...) un inmenso y perfecto monumento al silencio. "

Luis Martínez de El Mundo

9.5

"Una impresionante obra que desplaza el énfasis de los autores de la atrocidad hacia sus víctimas, todo ello manteniendo la complejidad moral de su predecesora (...) y ocasionales devastadores golpes de humor. "

Variety de Variety