7,9

Longe dos Homens

· 98min.

Argélia, 1954. Enquanto a revolta ribomba no vale, dois homens muito diferentes, reunidos por um mundo em convulsão, são obrigados a fugir em conjunto pelas montanhas do Atlas...
Indisponível no teu país

Sobre o filme

Um western emocionante sobre a humanidade e amizade protagonizado por Viggo Mortensen, com música de Nick Cave e baseado na obra de Albert Camus.
Argélia, 1954. Daru é filho de colonos espanhóis que anseia uma vida mais fácil para poder dedicar-se ao ensino. Na sua escola, ajuda os alunos árabes a ler e escrever francês, mas numa manhã, um polícia confia-lhe Mohammed, um argelino acusado de assassinar o seu primo. Os dois homens embarcam numa travessia pelas montanhas do Atlas, sendo perseguidos pelas tropas que reclamam vingança. Daru e Mohammed revoltam-se e seguem debelando todos os obstáculos para salvar as suas vidas e conseguir a liberdade.

Prémios e nomeações

Áudio e legendas

Versão original com legendas
Áudio Francês • Legendas Português

Mais informação

Título original:
Loin des hommes
Géneros:
Western, Drama
Nacionalidade:
França
Estreia no cinema:
06-08-2015
Bilheteira: 149 737,12 €
Espetadores: 26.341

Sem avaliações

8

"Camus establece el curso inicial de la película, pero el Sr. Oelhoffen se lo lleva hacia su terreno con el contexto político, la retrospectiva histórica, un nada ambiguo imperativo moral y un par de actuaciones que se complementan."

Manohla Dargis de NY Times

8

"David Oelhofen conjuga en el notable western 'Lejos de los hombres' dos variables que no suelen ir juntas: delicadeza y contundencia."

Desirée de Fez de Fotogramas

8

"Las cuestiones existenciales que Albert Camus plantea en su cuento 'The Guest' se traducen excepcionalmente bien al género western en 'Far From Men' (...) La idea de David Oelhoffen (...) resulta tan inspirada como inesperada."

Peter Debruge de Variety

8

""Un western minimalista donde dos extraños —Viggo Mortensen y Reda Kateb en igualado duelo de sobriedades— aprenden a descifrarse entre el vacío y la destrucción."

Jordi Costa de El País