Galinha com Ameixas
Galinha com Ameixas

Galinha com Ameixas

Poulet aux prunes

Áudio e legendas

Versão original com legendas em português

  • Áudio Original
  • Legendas Português
Nacionalidade

França

Ano de produção

2011

Género

Drama

Estreia no cinema

18-10-2012

Bilheteira

11.806,90 €

Espetadores

2.685

Sobre o filme

Teerão, 1958. Nasser Ali Khan, o mais famoso violinista, perde o seu violino, partido durante uma discussão. Incapaz de encontrar outro que o possa substituir, Nasser Ali percebe que a vida sem música é intolerável. Fecha-se no quarto, sem sair da cama e os seus sonhos fazem-no regressar à sua infância ou transportam-no para o futuro dos seus filhos. Durante essa semana, à medida que as peças da sua história se encaixam, descobrimos o seu segredo e a razão que o leva a desistir da vida em nome da música e do amor.

Prémios
O meu estado de espírito...

Realização e elenco

Como avalias este filme?

liciniorego1963

Leiam por favor a novela graficaganhou o prémio para o Melhor Álbum Angoulême 2005. É um melodrama tingido de humor da autoria de Marjane Satrapi, a autora do best-seller Persépolis.ganhou o prémio para o Melhor Álbum Angoulême 2005. É um melodrama tingido de humor da autoria de Marjane Satrapi, a autora do best-seller Persépolis.Vale a pena ler e ver o filme ou ver o filme e ler o livro ao mesmo tempo...Acreditem, entusiastas do género, que vão gostar muito...

16 Julho 2019 (Editado)
8.0

"The same winning balance of seriousness and humor that made "Persepolis" such a hit works equally well in "Chicken With Plums," whose visual flair proves that helmers Marjane Satrapi and Vincent Paronnaud have a career in live-action as well as in animation. (...) It's a rich, enjoyable repast certain to grace screens worldwide, where many will come back for second helpings."

Jay Weissberg de Variety

8.0

"Blends humor and poetry with delightful artistry. (...) Both winsome and sophisticated, Chicken with Plums unfolds like a rich Persian carpet woven of memories and nostalgia in a colorful fantasy Iran of 1958. (...) Humor and imagination lead the viewer through the winding story, which flashes forward and backward amid dream sequences and fantasies."

Todd McCarthy de Hollywood Reporter

7.5

"Se despliega de forma fragmentaria y destila un manierismo que remite a la obra de ese otro fetichista del storyboard llamado Jean-Pierre Jeunet."

Manuel Yáñez Murillo de Fotogramas

7.5

"Da la sensación de que Satrapi y Paronnaud han prestado más atención a la forma que al contenido de su segundo largometraje. Es realmente bonito y los intérpretes están estupendos, desde el aparentemente egoísta Nasser-Ali a la desilusionada Faringuisse, pasando por la enérgica cabeza de la familia de Nasser-Ali, encarnada por Isabella Rosselini. Con tamaña cantidad de energía, personajes interesantes e impresionantes fondos dibujados, los directores tienen muchas opciones de meterse al gran público en el bolsillo y son unos de los grandes favoritos a hacerse con el premio Osella al mayor logro técnico en Venecia."

Stefan Dobroiu de Cineuropa

7.0

"Satrapi y su fiel colaborador, Vincent Paronnaud, se enfrentan a la imagen real como si fuera animación, con el pie izquierdo en «Amélie» y el derecho en «Delicatessen»."

Sergi Sánchez de La Razón