A Tribo

The Tribe (Plemya)

Áudio e legendas

Versão Original

Nacionalidades

Ucrânia, Países Baixos

Ano de produção

2014

Género

Drama

Sobre o filme

O adolescente Sergey, um novo estudante no internato, percebe imediatamente que tem de provar que é digno de estar sob a protecção do líder do gangue da escola para sobreviver ileso. Após uma doutrinação de partidas inofensivas de iniciação e ritos, a nova turma de Sergey logo o introduz nas suas actividades comuns de roubo, suborno e prostituição. Se, inicialmente, assimila perfeitamente o seu novo papel na tribo, vai sentir-se comprometido quando se começa a apaixonar pela sua colega - e uma das acompanhantes do gangue - desencadeando uma sequência de eventos incrivelmente diabólicos.

M16

Prémios
O meu estado de espírito...

Realização e elenco

Foto de perfil por defeito de um utilizador que não fez login
Os comentários depreciativos e os spoilers serão moderados. Se tens alguma queixa escreve-nos para ola@filmin.pt
  • Foto de perfil de jorge

    Um filme original na forma como usa o som e a imagem, numa narrativa assente em longos planos únicos, tecnicamente notáveis e frequentemente filmados com câmara na mão.
    Com diálogos, estritamente em linguagem gestual ucraniana, sem música e com sons reduzidos ao mínimo, esta obra única de cinema centra-se nas emoções e impulsos violentos dos seus personagens surdos-mudos, num universo árido e silencioso, marcadamente amoral e mergulhado no abismo da depravação humana total.

    7,5 7,5 3 meses atrás
  • Drew McWeeny

    de Hitfix

    This is brutally strong filmmaking, aggressive and alive and impeccably accomplished.

    10.0 10.0
  • Justin Chang

    de Variety

    Sans dialogue or translation, each interaction effectively becomes a puzzle to be solved, and Slaboshpytskiy is brilliant at using ambiguity to heighten rather than dull the viewer’s perceptions. Even when the meaning of a particular exchange eludes us, a greater sense of narrative comprehension begins to take hold.

    10.0 10.0
  • Jessica Kiang

    de The Playlist

    The actions and events are naked to our eyes, not couched in reasons and justifications, not softened by explanations, by words.

    10.0 10.0
  • Leslie Felperin

    de Hollywood Reporter

    The use of sign language, deafness and silence itself adds several heady new ingredients to the base material, alchemically creating something rich, strange and very original.

    9.0 9.0