Margarethe Von Trotta

Alemanha · 1942

Realizadora · 2 títulos :separador disponível · 8 prémios recebidos

Biografia

Margarethe Von Trotta, actriz, realizadora e argumentista Alemã, nasceu em Berlim, 21 de fevereiro de 1942. Em Paris, iniciou a sua carreira participando em algumas curtas-metragens dedicadas à Alemanha da década de 1960. Ao terminar a escola secundária, começou a estudar Belas Artes. Frequentou a escola de dramaturgia em Munique. Trabalhou como atriz, em 1965, no Teatro de Stuttgart. Em 1969, conheceu Volker Schlöndorff e casaram em 1971. Margarethe tornou-se uma das atrizes mais famosas do período chamado de “Novo cinema alemão” actuando em filmes de Herbert Achternbusch, Rainhard Hauff, e Rainer Werner Fassbinder. Em 1970, Margarethe começou a escrever ensaios e enredos. No mesmo ano trabalhou, pela primeira vez, atrás da câmera (com Volker Schlöndorff). Ficou famosa como realizdora em 1975, quando co-dirigiu “A Honra Perdida de Katharina Blum” com Schlöndorff. “O Segundo Despertar de Christa Klages” (1977) foi o primeiro filme que dirigiu sozinha. Em 1979, realizou “As Irmãs”. Em 1981, alcançou renome internacional com “Anos de Chumbo”, com o qual venceu o Leão de Ouro do Festival de Veneza de 1981. Margarethe Von Trotta fez um filme sobre Rosa Luxemburgo, com Barbara Sukowa no papel do título em 1985. Em 1989, Von Trotta co-produziu “Felix” com Helke Sander, Helma Sanders-Brahms, e Christel Buschmann. O seu filme "The Promise" (1994) foi aclamado pela crítica. Em 2012 lança "Hannah Arendt" que lhe valeu vários prémios, incluíndo de melhor filme e relização. O seu mais recente trabalho é o documentário "Ingmar Bergman - A Vida E Obra Do Génio". Actualmente está separada de V. Schlöndorff e mora em Paris. 

Prémios do seus filmes

Os seus títulos online