Laís Bodanzky
  1. Laís Bodanzky

    Brasil · 1969

    1 título :separador disponível 1 prémio
    recebido
Biografia

Laís Bodanzky é uma cineasta e argumentista Brasileira. Estudou cinema na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e geografia na Universidade de São Paulo. O seu filme mais conhecido é "Bicho de Sete Cabeças" (2000) baseado no livro autobiográfico de Austregésilo Carrano Bueno, "Canto dos Malditos". Este conta a história de Neto, um jovem que é internado à força num hospital psiquiátrico depois do seu pai descobrir um cigarro de marijuana no seu casaco. Aí, ele vivencia situações de extremo abuso físico e psicológico. Bodanzky teve muita dificuldade em obter recursos para o filme já que a maioria das produtoras não queria ter sua marca associada à temática das drogas e da doença mental. "Bicho de Sete Cabeças" foi tão importante no panorama cinematográfico recente do Brasil por tratar do tabu das drogas e do quotidiano de horror de muitos hospícios do país. Em novembro de 2015, o filme entra na lista dos 100 melhores filmes Brasileiros de todos os tempos criada pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE). Desde então, Bodanzky realizou mais 4 longas-metragens: "Chega de Saudade" (2008), "As Melhores Coisas do Mundo" (2010), "O Ser Transparente em Mundo Invisível" (2011) e "Como Nossos Pais" (2017). Este último estreou em Berlim, acabando por se revelar o filme Brasileiro mais premiado do ano.

Prémios do seus filmes